10 filmes ótimos "escondidos" na Netflix

Só filme bom!

É quarentena e muitos de vocês já estão cansados de olhar no catálogo da Netflix por filmes e séries para assistirem. Parece que você já viu tudo, que nada é novidade… mas não é bem assim! O serviço de streaming conta com várias pérolas e tesouros "escondidos" em seu catálogo, muitos dos quais não são tão comentados ou vistos.

E é pensando nisso que resolvemos fazer esta lista. Aqui, você vai poder conferir 10 filmes excelentes "escondidos" na Netflix, desde grandes produções hollywoodianas a filmes nacionais e de outros países, dos mais variados gêneros possíveis. Se prepare aí e já vai marcando a maratona!

Imagem

Sem Destino (Easy Rider, 1969)

Considerado um dos maiores clássicos do cinema independente norte-americano, Sem Destino foi um dos filmes mais importantes para a era da Nova Hollywood, um período fascinante da história do cinema no século passado. O filme é um grande road movie entre três amigos.

Aqui, acompanhamos Wyatt (Peter Fonda), Billy (Dennis Hopper) e George (Jack Nicholson) viajando pelas estradas dos Estados Unidos à bordo de suas motos, conhecendo novos locais e pessoas, em um filme que desafiou as convenções de cinema e se tornou um ícone da contracultura.

Imagem

O Homem do Futuro (2011)

Passando para o cinema nacional, há um filme muito interessante que até fez um bom sucesso há alguns anos, mas parece ter caído num limbo. Em O Homem do Futuro, Wagner Moura vive um físico que cria uma máquina capaz de levá-lo ao passado. Porém, isso acaba dando problemas...

Ao visitar continuamente a noite da maior frustração de sua vida, João Zero acaba criando vários paradoxos temporais, e precisa constantemente alterá-los. É uma boa comédia e um filme exemplar de ficção científica, que bebe diretamente da fonte de De Volta Para o Futuro.

Imagem

O Som ao Redor (2012)

Outro longa nacional que merece respeito é O Som ao Redor, um filme pernambucano que tem toques surrealistas e experimentais e retrata a vida em um bairro nobre do Recife, trazendo elementos cotidianos bem próximos da realidade.

Curiosamente, o filme é o primeiro longa-metragem de Kleber Mendonça Filho, o cineasta que ficou muito famoso nos últimos anos com filmes como Aquarius e Bacurau. É, sem dúvidas, uma das maiores pérolas do cinema nacional!

Imagem

O Conto da Princesa Kaguya (Kaguyahime no monogatari, 2013)

Nos últimos meses, a Netflix traçou uma grandiosa parceria com uma das maiores empresas de animação do mundo, o Studio Ghibli. Quase todos os filmes do estúdio já estão disponíveis na plataforma de streaming, mas há um que não é tão comentado quanto os outros.

Trata-se de O Conto da Princesa Kaguya, uma belíssima animação feita inspirada em pinturas clássicas japonesas, e que conta a história de uma jovem princesa deixada na Terra. O filme trata de muitas questões tocantes, como amadurecimento e espiritualidade.

Imagem

Creep (2014)

Quem gosta de horror e de suspense pode acabar gostando de Creep, um filme em found footage que consegue ser igualmente sufocante e até mesmo divertido. No longa, um homem bizarro contrata um documentarista para gravar seus últimos dias de vida.

A dinâmica dessas duas pessoas fica cada vez mais estranha, conforme o homem - vivido por Mark Duplass - passa a mostrar sua verdadeira face. Para quem gostar do primeiro filme, já pode partir para a sequência, Creep 2, que também está disponível na plataforma de streaming.

Imagem

Circle (2015)

Outro suspense bem intrigante é Circle, um filme que nos faz questionar sobre nossa própria moralidade e nossas decisões em momentos difíceis. Na trama, várias pessoas "acordam" em uma sala misteriosa, dispostos em um círculo. A cada dois minutos, uma pessoa é morta por um dispositivo.

A partir daí, começa um grande questionamento sobre os valores da nossa sociedade e como julgamos uns aos outros sem conhecer toda a história das pessoas. O filme é bem angustiante e ainda traz várias cenas surpreendentes. É ótimo para quem gosta de thrillers e suspense psicológico.

Imagem

Quase 18 (The Edge of Seventeen, 2016)

Após essa linha de filmes de terror e suspense, é hora de recomendar alguns longas mais "leves". Uma boa pedida é Quase 18, um ótimo filme de drama e comédia protagonizado por Hailee Steinfeld, que fala justamente sobre as dores do amadurecimento e da vida pré-adulta.

O longa é bem divertido e deve agradar quem gostou de filmes como Lady Bird: A Hora de Voar e A Mentira, além de ter ótimas atuações - com destaque para Woody Harrelson, que vive Max Bruner, um professor bem sincero e ranzinza.

Imagem

Personal Shopper (2016)

Se você ainda é o tipo de pessoa que não aguenta ver a cara de Kristen Stewart por conta de Crepúsculo, permita-me fazer uma recomendação que pode mudar sua mente. Lançado em 2016, Personal Shopper traz provavelmente a melhor atuação da carreira da atriz.

O filme é um drama misterioso, com um pequeno toque sobrenatural, que segue Maureen Cartwright (Stewart), a personal shopper de uma modelo que vive em Paris. Aos poucos, as vidas das duas mulheres começam a se entrelaçar de uma forma inesperada.

Imagem

Durante a Tormenta (Durante la Tormenta, 2018)

Outro filme incrível que mexe com viagem no tempo e paradoxos é o espanhol Durante a Tormenta, uma baita ficção científica que merece bastante destaque. O filme traz grandes estrelas do cinema espanhol e uma trama bem cativante.

Na história, uma mulher consegue, graças a um paradoxo temporal, salvar um menino - mas com isso, acaba perdendo sua filha. Ela precisa encontrar uma forma de reconquistá-la, mas também precisa tomar cuidado para não provocar mais distúrbios no espaço-tempo.

Imagem

Milagre na Cela 7 (Yedinci Kogustaki Mucize, 2019)

Por fim, vamos falar de um filme que, apesar de estar fazendo um bom sucesso nas últimas semanas, continua sendo uma "joia escondida" por não ter ganhado um marketing ferrenho da Netflix. Trata-se do drama turco Milagre na Cela 7.

O filme conta a história de um pai amoroso que é separado de sua filha por ser acusado injustamente pelo assassinato de uma garotinha. Mesmo com deficiência intelectual, o homem precisa fazer de tudo para provar sua inocência. É um filme que com certeza vai fazer você chorar.

Fonte: Legiaodosherois

Comentários

18 Mai, 2020 - 19:52

1617 Views

Comentários