Mulher-Maravilha 1984 tem estreia adiada para agosto pelo coronavírus

Por conta da pandemia de coronavírus, Mulher-Maravilha 1984 teve estreia adiada para 14 de agosto nos EUA. Antes, o filme estrelado por Gal Gadot estava marcado para 26 de junho [via Variety].

A decisão não foi do nada. Nos últimos dias, a Warner Bros. estava debatendo se deveria adiar o filme ou até mesmo lançá-lo direto nas plataformas de streaming. A diretora Patty Jenkins e o produtor Charles Roven protestaram o lançamento digital, e parece que a voz da dupla teve peso, já que foram eles que optaram pela estreia em agosto. "Quando aprovamos Mulher-Maravilha 1984, foi com a intenção de que seja visto na telona. Estamos ansiosos em afirmar que lançaremos o filme nos cinemas em 14 de agosto", afirmou Toby Emmerich, executivo do estúdio. "Esperamos que o mundo seja um lugar mais seguro e saudável até lá."

Esse não foi o único adiamento da Warner Bros., já que o estúdio também alterou as datas de Scooby!, animação de Scooby-Doo, Em Um Bairro de Nova York, adaptação do musical da Broadway de Lin-Manuel Miranda (Hamilton, O Retorno de Mary Poppins), e também de Malignant, terror de James Wan. Diferente de Mulher-Maravilha 1984, esses três permanecem sem data.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para Morrer, Velozes e Furiosos 9, Um Lugar Silencioso 2, Mulan, Novos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.

Fonte: Omelete

Comentários

24 Mar, 2020 - 17:01

157 Views

Comentários