Em defesa de Cal Kestis como protagonista de Star Wars Jedi: Fallen Order

Cal Kestis , o principal protagonista de Star Wars Jedi: Fallen Order , esteve aqui algumas semanas atrás em um artigo onde os autores não encontraram muito sentido em suas ações, nem um significado para sua existência, eles o consideraram genérico, alguém que muitas vezes não seguia o verdadeiro caminho de um cavaleiro Jedi.

Agora temos a chance de ver o protagonista Cal Kestis por uma outra perspectiva, acompanhe...

Este texto contém spoilers de Star Wars Jedi: Fallen Order.

O enredo de Fallen Order assume que os jogadores sabem muito sobre o que está acontecendo no universo de Star Wars. Cal está se escondendo do Império após a execução da Ordem 66 e a queda da Ordem Jedi. O Império e os Inquisidores estão em busca de sobreviventes, muitos dos quais se esconderam ou se separaram completamente da Força.

Cal é rapidamente identificado como sensível à força na campanha de Fallen Order, pois não tem outra escolha senão salvar seu amigo Prauf durante um acidente no planeta Bracca. A partir daí, Cal não tem outra escolha senão sobreviver e dedicar o tempo que resta ao objetivo estabelecido à sua frente. Isso inerentemente fornece o contexto necessário para muitas das ações de Cal durante o jogo e lhe dá um propósito.

Imagem

É importante lembrar que, na maior parte do jogo, Cal Kestis não é um Jedi. Cal realmente é apenas outra pessoa na galáxia que é sensível à força. Ele sobreviveu à Ordem 66 e recebeu algum treinamento como Jedi Padawan, mas nunca teve a chance de concluir seu treinamento e se tornar um verdadeiro Jedi.

Cal derrubando dezenas de stormtroopers e outros seres nos planetas que você visita através da campanha de Fallen Order é apenas algo que ele precisa fazer para se manter vivo. O Império está disposto a matá-lo, então, embora a Ordem Jedi possa ter sido pacificadora antes das Guerras Clônicas e da Ordem 66, agora eles são apenas sobreviventes - e as regras antigas não se aplicam mais na maioria dos casos.

Realmente não precisamos de um momento de auto-reflexão de Cal Kestis, considerando as circunstâncias em jogo. É matar ou morrer, e Cal sabe disso. De fato, Cal nem sequer entende verdadeiramente o que significa ser um Jedi até quase os momentos finais do jogo.

Sua jornada para se tornar um verdadeiro Jedi é mostrada em jogo à medida que avança pela história e reaprende ou se lembra de certos truques e habilidades dos Jedi. Enquanto ele reconstrói sua conexão com a Força, ele também está trabalhando através do trauma que foi infligido a ele através da Ordem 66 e das imensas perdas que ele sofreu.

É um pouco descuidado, mas fica claro que Cal se torna cada vez mais confiante em suas habilidades e em si mesmo, culminando em uma das melhores cenas do jogo quando Cal reconstrói seu sabre de luz e precisa lutar contra ondas de stormtroopers para escapar Ilum.

Cal aprendendo a controlar suas emoções e trabalhar com seu trauma fornece um caráter infinitamente mais interessante do que teria sido se ele tivesse "seguido" o caminho Jedi sem entender realmente o que isso significa. Quando Cal finalmente para de lutar contra o passado, embainha seu sabre de luz e promete honrar os ensinamentos de seu antigo mestre, só então ele se torna um verdadeiro cavaleiro Jedi.

Imagem

A Respawn poderia passar mais tempo construindo o trauma que Cal sofreu, permitindo que os jogadores experimentem a Ordem 66 em mais do que apenas uma sequência em uma cena. A narrativa teria se beneficiado muito de permitir que os jogadores construíssem esse relacionamento com o Mestre Jaro Tapal e até com os clone troopers com os quais você interage por alguns momentos.

Um dos momentos mais intrigantes do jogo foi ver Cal interagir com os clones ainda quando criança e até considerá-los amigos, e momentos depois ter que lutar contra eles sem hesitar, deixando Cal completamente perplexo e correndo para sobreviver. Mesmo da perspectiva do jogador e sabendo o que estava acontecendo, era uma sequência de eventos bastante assustadora.

Como o herói relutante, o ato mais parecido com o de um verdadeiro Jedi de Cal Kestis, acontece quando ele da ouvidos a Nightsister Merrin destruindo o holocron para que as crianças não sofram o mesmo destino que ele e os outros Jedi sofreram. É um ato altruísta para o bem maior, mesmo que isso signifique que a Ordem Jedi permanecerá perdida.

A história de Star Wars Jedi: Fallen Order não é realmente sobre encontrar o holocron; já sabemos desde o início como essa história vai terminar. A história real em Fallen Order é sobre os sobreviventes da Ordem 66 - Cal, Cere ou até a Segunda Irmã - aceitando o trauma e a perda infligidos a eles e encontrando um motivo para continuarem vivos e avançando.

Fonte: Escapistmagazine

Comentários

08 Dez, 2019 - 15:45

663 Views

Comentários