Death Stranding: assistente de Kojima se emociona ao terminar o game

Falta pouco para Death Stranding ser lançado, mas alguns felizardos já tiveram a oportunidade de prestigiar a obra de Hideo Kojima. Quem teve o privilégio de um hands-on antecipado do game foi a assistente pessoal do produtor, Ayako Terashima.

Em vários posts no Twitter, a secretária relata que está se emocionando muito com a trajetória de Sam Bridges. Apesar de ser uma jogadora de primeira viagem e estar jogando no modo muito fácil, ela detalha alguns pontos importantes do jogo como missões, dificuldades e cenas que a emocionou, fazendo observações no que diz respeito às características principais do game. 




Classificando Death Stranding como um filme, Terashima explica que a indústria no geral tem 3 características: entretenimento, arte e social. Segundo a visão da secretária, o jogo consegue abraçar com louvor essas 3 peculiaridades, fazendo com que a obra de Kojima seja única. Ela também comenta que chorou na parte no final da jornada, explicando que só quem passou horas no comando de Sam e criou um vínculo com o personagem, vai entender as lágrimas. 

Imagem

Além de toda parte emocional dos posts, ela também detalha a missão mais longa e difícil do jogo, onde Sam se encontra em uma montanha muito íngreme e cheia de neve. Terashima relaciona todo o esforço do protagonista nesta missão, ressaltando que ele está dando o melhor de si para cumprir seu papel, que é unificar os Estados Unidos. O último post termina com a secretária premiando Mads Mikkelsen com o "Oscar de melhor ator" do game.

Death Stranding será lançado exclusivamente para PlayStation 4 no dia 8 de novembro deste ano.

Fonte: Voxel

Comentários

10 Set, 2019 - 13:42

288 Views

Comentários